31 de out de 2013

Nome?

O papai William disse que só vai pensar em nome quando a barriga crescer e eu tenho dois nomes na cabeça:

Sara e Davi.

E por quê?

Sara é de origem hebraica, tem o significa de 'princesa'. 
Sara foi esposa de Abraão e mãe de Isaque. E uma mulher de grande fé em Deus. Tanto que teve seu filho, já fora de idade, isto é, tiazinha!
Mas Sara, era uma mulher formosa, não só em beleza, mas em caráter, lealdade e fé. Além do grande respeito ao seu marido.

Davi também tem sua origem hebraica e significa 'amado'.
Davi foi m dos grandes reis do Egito e apesar de umas bobagens que ele fez, Deus o preencheu com seu amor. 
Reinou com justiça e soube lidar com os sentimentos humanos de forma boa, não cedendo à vingança e ira. 
Além de ter sido o único homem a ser considerado pelo próprio Deus “O homem segundo o meu coração” (I Sm 13.14):

30 de out de 2013

A gravidez e o transporte coletivo...

Sou usuária (por opção) do transporte coletivo da cidade de São Paulo. Vendi meu carro há três anos, quando me casei. Não aguentava mais o stress de SP, dirigir me deixa impaciente. 

Sou abençoada, pois moro a apenas 4km do meu trabalho e já fui/voltei muitas vezes a pé, pois tenho o privilégio de fazê-lo beirando o Parque do Ibirapuera.

Nós temos um carro e quem o usa é meu marido. Ele realmente precisa, pois além da base dele ficar em São Caetano, por vezes tem de ir ao Campo de Marte e agora até Sorocaba.

Enfim, hoje saiu uma matéria no UOL, da revista Pais & Filhos com o título de que 61% das grávidas ficam em pé nos transportes públicos e como sou usuária quero dar meu depoimento!

É realmente um absurdo a falta de educação e descaso que as pessoas, em geral, têm não só com as grávidas, mas com os idosos. 

Já vi tudo isso descrito na reportagem: marmanjos fingindo que estão dormindo e os piores caras de pau, lendo ou simplesmente ignorando.

Eu mesma já intervi em várias situações, chamando a atenção dessas pessoas (grande, pequeno, homem ou mulher) sobre a situação ao redor. Bom, só um 'parenteses': sou do tipo que chama a atenção de quem joga lixo na rua e etc. (insuportável, né!)

E falo que é falta de educação sim, pois eu aprendi NA MINHA CASA que devemos respeitar ao próximo e principalmente aos idosos.

Tô louquinha para minha barriga aparecer e estragar várias sonequinhas por ai. 

29 de out de 2013

E você? Já tomou seu ácido fólico hoje? Parte II

Ainda no assunto do post passado, ácido fólico, fui pesquisar fontes naturais que contenham esse item, além de alimentos industrializados.

Pasme: ALPV + Gravidez faz você ler TODO-ROTULO-DE-ALIMENTO. 

Achei essa matéria no site "bebe.com.br" e vou destacar só a relação dos alimentos. Fiquei bem feliz, pois como brócolis quase todos os dias. 

1. Shimeji e shitake
Em uma xícara de shimeji, há 794 microgramas de folato. O shitake oferece 684. Ah, não se esqueça de aproveitar até o talo!

2. Brócolis
Apenas duas flores desse vegetal já contêm 568 microgramas de folato, desde que cozidos no vapor e bem rápido!

3. Tomate
Uma unidade média do fruto contém 249 microgramas de ácido fólico. Seus derivados também são campeões: 1 copo pequeno de suco tem 337 microgramas, 1 colher de molho de tomate oferece 140 microgramas e 1 colher de ketchup contém até 47 microgramas.

4. Espinafre
Duas xícaras cheias de espinafre cru fornecem 239 microgramas.

5. Rúcula
Duas xícaras cheias de rúcula crua equivalem a 100 microgramas.

6. Couve
Que tal uma salada com essa hortaliça? Não se esqueça de que os vegetais crus concentram mais ácido fólico. Três colheres de couve crua contêm 70 microgramas.

7. Pitanga
Em dez unidades da fruta, temos cerca de 43 microgramas. Se você gosta mesmo é do suco, a dica é bater a fruta e consumir logo em seguida. É que as enzimas podem degradar o folato.

8. Acelga
Um pires cheio da verdura concentra 41 microgramas.

9. Almeirão
Amargo como ele só, em um pires cheio temos 40 microgramas.

10. Caju
Em uma unidade grande, há 38 microgramas. Mas o folato some se não houver cuidado.

Bora comer um pouquinho de ácido fólico?! 

E você? Já tomou seu ácido fólico hoje?

O bom de estar grávida (além do óbvio: bebê) é que estou adentrando à um mundo totalmente desconhecido e tenho muita coisa para ler e me maravilhar. Principalmente em temas que sempre gostei como: alimentação, cosméticos e exercícios. SIM, MAMÃES, existe um mundo voltado para isso. 

E o assunto que quero falar aqui é sobre o tão famoso ÁCIDO FÓLICO. Afinal, você sabe para quê ele serve? Pois bem, assim que decidimos trazer um baby ao mundo, o Doc pediu que eu iniciasse o ácido fólico e devo manter até o 1o ultrassom morfológico, o que dá em trono de 3 meses após a concepção. 

Curiosa, fui buscar no pai google para quê especificamente servia, uma vez que a maioria dos médicos são bem genéricos sobre o motivo: evita a má formação do bebê. 

Enfim, o ácido fólico é importante sim para prevenir a má formação do embrião e principalmente, para evitar e prevenir má formação neurológica, que ocorre nas primeiras semanas da gestação.

Veja a explicação by Wikipedia:

"Se a mulher tem ácido fólico suficiente durante a gravidez, essa vitamina pode prevenir defeitos de nascença no cérebro e na coluna vertebral do bebê, como a espinha bífida. Pois o ácido fólico participa na formação do tubo neural no feto."

E mais:

"O ácido fólico atua na prevenção de anomalias congênitas no primeiro trimestre da gestação. Ele é recomendado na prevenção primária da ocorrência de defeitos do fechamento do tubo neural, que entre os dias 18 e 26 do período embrionário transforma-se na espinha. Defeitos do tubo neural são malformações que ocorrem no início do desenvolvimento fetal, sendo os principais: anencefalia e espinha bífida. As doses diárias recomendadas são de 0,4 a 0,8 mg no período de no mínimo um mês antes da concepção até três meses ou 12 semanas de gravidez (1º trimestre)."

Pois bem. E você? Já tomou seu ácido fólico hoje? 

26 de out de 2013

Enchendo linguiça...

Bão genty, como minha próxima consulta com o Dr. Ossama é só dia 04/11, tenho que encher de linguiça isso aquê.. e, como sou uma ótema publicitária-comunicadora-que-trabalha-com-telecom-a-vida-toda, bora lá. Aliás, para facilitar, de hoje em diante, quando me referir ao DOC é o Dr. Ossama.

Seguinte: como veio a DECISÃO de abrir a fabriquinha?? Por que né, quem me conhece um pouco e há mais tempo, sabe que ser mãe nunca foi o 'sonho da minha vida', por um tempo, até fui contra a idéia e , sinceramente, se eu pudesse, esperaria mais uns 5 anos para curtir mais o casamento com o Will, mas, daqui 5 anos eu teria 38 anos e ai né, tipo, sei que a ciência está avançada, não tenho nada contra mamães que engravidam nessa idade, mas o risco ta aí e a paciência cada vez menor. 

Entonce, voltando ao assunto, eu e o Will vinhamos falando às vezes sobre o assunto e não posso negar que os últimos nascimentos e gravidezes não mexeram mais comigo - reloginho biológico, né! 

Ai que, Deus não faz nada por acaso, na virada do meu ciclo de Junho para Julho deste ano, o meu anticoncepcional SUMIU das farmácias; segundo o carinha que tem a farmácia em frente do meu prédio, estava em falta até no estoque do laboratório (ele me mostrou a telinha). E fui à quatro farmácias, hein genty!? 

Ai não tomei e avisei ao meu amado marido que estávamos na zona cinzenta e seria por conta e risco. Sinceramente, não vi muita cautela (aliás - NENHUMA) da pessoa. No mês seguinte, o rio vermelho chegou e tal e deveria iniciar nova cartela. E, conversei com o Will a decisão de parar. 

Por quê? Eu tomava remédio há 12 ANOS sem interrupção. Meu último ultrassom mostrou meus ovários com 1cm cada, logo, estavam mega atrofiados (meu doc disse que é normal em mulheres que tomam remédio há muitos anos) e, do fundo do meu coração, fiquei com medo de demorar MUITO. Conheço pessoas e amigas que estão tentando há mais de ano... 

Paramos. Decisão tomada. 

Mas também tenho algumas amigas serelepes que engravidaram no 1o mês após a parada e eu fiquei super animada com isso. MAS NÃO FOI MEU CASO.

Aproveitei para fazer meu check up semestral. PARENTESES...

Após o problema no rim em 2010, passei a fazer check up semestral e alguns exames trimestralmente, uma vez que sou assintomática em casos de infecções urinárias. 

Voltando.... ai quando levei meus exames de mocinha para o Doc, estava tudo PERFEITO, coisa que não via há 4 anos. Nada para consertar, nenhuma feridinha, nada. Mas, tinha uma coisa que vi na sala de espera e que não tinha visto antes e fiquei assustada! Estava diagnosticado no ultrassom intravaginal : "cisto funcional no ovário direito!" 

Apavorei!!!!!! Primeira coisa que perguntei ao doc. E ele, sempre fofo, disse "Loira (mas não de forma carinhosa, tá genty! Depreciativa, messssmo!), cisto fun-cio-nal... você está ovulando!"

Nooooooooooossa. Meus bichinhos já estavam funcionando!

E ele completou: "Está tudo perfeito, parabéns! Manda o comandante meter bala e deixa o resto comigo. Lá para outubro ou novembro você estará grávida!" 

Pois é.. o resto vocês sabem; engravidei entre 4 e 8 de Outubro de 2013 e vou pedir os número da mega da virada, até oferecerei 30% do prêmio a ele. 

25 de out de 2013

Lendas, lendas e mais lendas.

Sobre o sexo do bebê, há várias lendas da forma de como se descobrir. No início, achei que poderia ser menina, o Will acha que pode ser menino. Fiz o teste do Baby Center e deu menina. Fiz a Tabela Chinesa e deu menina. Fiz a Tabela Lunar e deu menino. 

O fato é que, algum deles estará certo! E eu resolvi parar de achar, pois meu bebê pode se sentir rejeitado e ele não é. Menino ou Menina, já amo essa coisinha linda dentro de mim.

Mas ai vai que a Santa Cida (a moça que limpa minha casa), me conta mais uma lenda: que o primeiro presente que a mãe compra é o que vai ser a criança. E ela disse que acha que vai ser um menino, quando mostrei o SEGUNDO presente que comprei (por que ela não sabia do primeiro - rá, pegadinha!). 

Mas genty, vai, é uniçéquissi, não é????

E então, olha só o SEGUNDO presente, e disse pro Will que N-Ã-O-V-O-U-C-O-M-P-R-A-R-M-A-I-S-N-A-D-A!. E claro, ele sempre super fofo, respondeu: D.U.V.I.D.O!



23 de out de 2013

Prova final!

Ai, vou eu, toda serelepe fazer o exame de sangue. Tomei a picadinha e a enfermeira me diz: 2 dias úteis para o resultado. O QUÊ?????????????????????????????????? 

Mantendo o esquema 'Estou feliz demais para dar barraco!" - viu genty, como a maternidade já ta me mudando! - resolvi esperar, né! Até por que, né, dois testes positivos, só sei lá o que para o de sangue dar outra coisa. 

Ai mando email para a antecipação, ligo e nada. Maior ansiedade, afinal de contas, eu queria contar para todo mundo, mas até então só família e amigas mais próximas sabiam.

Ai, conversando com o Will pelo whatsapp, falo né:

-"É amor, você sabe que agora não posso mais limpar as sujeiras dos bichos, né!? Você que vai ter que fazer isso!"
-"Eu vou é dar tudo eles, isso para mim é desculpinha de grávida!"

Super fofo né genty!!!

Mas isso foi só para distrair, até que chegasse os 2 dias úteis e eu pegasse o resultado do exame. Resultado, não estava grávida.




ESTAVA GRAVIDÍSSSSSSSIMA!!!!! E FELIZ!!!!

21 de out de 2013

O primeiro a gente nunca esquece!

Quando minha comadre anunciou a gravidez dela, do primeiro filho, fiz questão de comprar o primeiro presente: uma meinha. Nada mais do que um presente mega simbólico. Até por que, né, meia é presente que a tia-avó dá no Natal.

E ai, por que não fazer isso de mim para mim!? O primeiro presente do meu bebê de forma simbólica. E foi. Nem sei como não comprei a loja toda, só a meinha... mas assim foi o primeiro presente do FIDIBECK! (amor, o filho é nosso, é um beck andrade, mas a piadinha é boa!)


20 de out de 2013

Enquanto isso, na sala da justiça...

A pessoa acorda na ansiedade total. 

O Will me liga e fala que deve chegar lá pelas 13 horas. (não, ele não sabia ainda!). Ai faço as contas e sei que ele vai chegar depois das 14 horas - ele nunca chega na hora que fala. 

Ai penso: "vou no PS, faço um beta e mato o hómi do coração quando ele chegar!!!!". Eis que saio toda pimpona de casa, subo até o PS e falo abertamente que estava atrasada e queria um beta. A mocinha simpática me encaminha ao médico plantonista (OMG!!!) e este me diz que não pode fazer pois não é emergência e que o laboratório estava fechado (Ah tá Claudia, senta lá!), mas que podia me dar uma guia para o exame. 

Decidi que estava feliz demais para dar um barraco. Parei no Jaber para comer um quibe, afinal, não tinha comido, estava preparada para um exame de sangue. E fui para casa. No caminho tive a brilhante idéia de comprar OUTRO teste, de OUTRA marca. 

Mais xixizinho. Espera 5 minutos e o quê???? MAIS DOIS RISQUINHOS... ai pensei: "É! Foi!"

Maridon chegou. Sugeri de forma angelical para irmos almoçar fora, afinal, queria q o mico fosse completo. Fomos comer aqui perto de casa e eu toda simpática disse: "Fiz um cartão para você!" (breeeega!) 

E ele me pergunta o motivo e eu disse por que eu queria e entreguei. Acho que quando ele abriu, ele só deve ter visto os dois risquinhos e a palavra grávida e ficou calado. HAHAHAHAHA Tadinho! 

Me abraçou, chorei, aquela melação toda! Ai ele perguntou se eu estava falando sério e tals e matou um copo de caipirinha em 30 segundos. Pobre! rs

19 de out de 2013

Como tudo começou...

Ai você vai para o hospital achando que a dor lombar é mais uma crise de rim. O médico plantonista te revira, faz exame de sangue, urina e ultrassom de rim/bexiga. Mas não fez o beta (mesmo eu informando que poderia estar grávida, mas não estava atrasada - fail!). Enfim, depois de 5 horas no PS e um roxo enorme no braço devido ao acesso, fui embora para casa. 

Notas: 
1. o médico perguntou se eu queria tomar alguma medicação para a 'dor' e eu disse que não, pois estava suportável;
2. após o diagnóstico, ele me receitou um antiinflamatório e buscopan e decidi que não ia tomar nada.

Cheguei em casa e tinha uma borrinha na minha calcinha, conclui que era pq ia me descer e fiquei tranquila. Afinal, depois de 12 anos tomando anticoncepcional, não sabia mais como eram os sintomas de menstruar... 

No sábado, quando acordei, tomar banho e tals. NADA. N-A-D-A de sangue.. acheio meio estranho, mas... o Will foi para Paraty levar o patrão e sei lá por que cismei que tinha que fazer um teste, assim desencanava e descia logo. 

Fui à farmácia, comprei o teste, xixizinho em cima e tchananananananana

DOIS RISQUINHOS. doooois risquiiiinhoooooooooooos. 

Olhei pra minha dog boquiaberta. Não sabia se ria, se chorava, se gritava. Sei que disse: "Você vai ganhar um irmãozinho!" (a loka!).

Fiquei muito feliz!!!! Louca para o Will chegar! Fiz um cartão lindo, cheio de firulas e colei o exame positivo.

Eis que a pessoa me liga e diz que não vai voltar, só no dia seguinte......

(continua....)