22 de jun de 2014

As visitas

Ah genty.. Sara ficou quase 2 dias na UTI, mas vou pular essa parte e também sobre a amamentação (merece um post separado) e vou para as visitas!

Recebemos e muitas!!!! A moça da recepção já sabia o número do nosso quarto de cor hahahaha de tanta gente que foi e deixo aqui meus agradecimentos a todos que foram e também minhas desculpas pela falta de atenção que foi dada, mas quem passou por isso, sabe como é!

Mas vou colocar só algumas fotos, mas dos primeiros momentos em que ela foi para o quarto. Foi uma emoção muito grande para nós!




21 de jun de 2014

E o depois?

Sara nasceu. Fui para a recuperação e uma das primeiras coisas que fiz foi passar a mão na minha barriga e ela - POF! - tinha desaparecido.. maior estranho. O Bin passou pra falar comigo, pra ver se meu útero estava contraindo, dizer que eu tinha ido muito bem, que eu ficaria ali por uma hora e depois iria para o quaro, e também que viria no dia seguinte para me ver. 

Ai, veio a pediatra que acompanhou a Sara para dizer que ela estava com um barulhinho no peito e que por segurança, iria deixa-la na UTI, para eu não me assustar, pois não era nada grave e que sua preferência pela UTI se dava pelo simples motivo de haver pediatra lá 24 hrs e no bercário não. E que eu e o marido teríamos livre acesso à ela. 

Enfim, aproveitei para dormir... mas daquele jeito né, porque a adrenalina é tanta, que você não apaga. 

Eram 21 hrs qdo fui para o quarto. Estavam meu pai, irmã e avó. Minha comadre e o noivo. O Sakai. O primo Danilo e sua mãe e claro, meu marido. 

Conversamos rapidamente e eles se foram, afinal, a visita no hospital ia só até as 21 e eles deixaram eles ficarem para me ver!! Falei com o William sobre a Sara e tentei dormir, mas não dava... Lá pelas 3 hrs a enfermeira veio para me ajudar com o banho e soltou: "Você quer ir ver sua filha!?" 

QUE PERGUNTA, VÉI!?

CLARO NÉ!... E fomos ... eram 4 hrs da manhã do dia 2/6 quando vi e peguei minha filha pela primeira vez.... nem consigo descrever a emoção daquele momento, aquela pequena no meu colo. Aquela menina que nem sabia o que estava fazendo ali, da sua imporância e do amor que ela recebia...

Foi mágico!

20 de jun de 2014

19 dias depois

Genty voltei... tenho alguns posts antigos para atualizar ainda, mas vou primeiro relatar o dia D, ou melhor, o dia S!!!!! 

Domingão.. marido tinha prometido 'fazer algo comigo', por que eu tinha dito estar 'carente'.. hohoho... íamos levar minha sogra embora e depois almoçar em Embu, ver algumas coisas para casa e tals. Eu tava toda feliz com o passeio. 

Antes de sair né, fui eu lá no banheiro para o xixi básico e senti um 'liquido a mais' saindo.. e não saia do mesmo lugar do xixi. Pensei: "Oh! Ouh!" .... 

Peguei minha pasta de exames - tá, pq não sei o motivo pelo qual o Bin não dá um cartão de gestante, eu tinha que carregar a pasta de exames - e disse pro marido: "Acho que estou perdendo líquido, vamos levar sua mãe e quando chegarmos lá, se ainda estiver assim, vamos ao PS primeiro!" 

E fomos. 

Senti minha barriga mais dura que o normal, mas até ai, tinha tanta coisa todo dia acontecendo com meu corpo, que nem estranhava mais... quando estávamos subindo a rua da casa da minha sogra, foi que rolou... comecei a sentir aquele quentinho descendo, como se fosse xixi, mas eu sabia que não era ... e comecei a rir! Marido olhou para mim, sem entender, perguntando o que rolava e eu disse: "Sua filha vai nascer!" E ele, sem entender menos ainda, soltou o básico "Como assim!?!?!?!?!!?" e eu respondi, contando que minha bolsa havia estourado e mostrei a roda escura na minha calça jeans... 

Eu tava achanado aquilo o máximo... era do jeito que havia pedido a Deus: que estourasse minha bolsa para eu ter certeza do dia que ela viria: parto normal ou cesárea, eu queria ter certeza de que não estava tirando ela antes ou depois. 

Ele e minha sogra ficaram assustados e nervosos; ele me perguntou o que o meu médico tinha dito se isso tivesse acontecido e eu respondi, mega calma - gente... eu tava adorando aquilo tudo e estava super calma mesmo: 

"Ah...se estourasse a bolsa, era para eu ir para casa, tomar banho, lavar o cabelo, secar o cabelo, arrumar minha mala, me maquiar, ir para a maternidade e então ligar para ele!"

Marido disse: "Que nada, vou ligar agora para ele, me dá o telefone!" ... ele já ligou para o Bin que pediu "Calma e vá para a maternidade, chegando lá me liguem!" 

Pois bem: comecei a avisar todo mundo pelo zap zap, liguei para minha irmã. Almoçamos, fomos para casa, arrumei minha mala da maternidade. 

Detalhe: a bolsa estourou as 11:30. Chegamos ao Santa Catarina às 14:30. E neste momento perdi toda a minha dignidade.. lembrei muito da Van Lara me falando isso na semana, qdo fui a casa dela... HAHAHAHA

Entrei para o PA, coloquei aquela camisolinha redecola... e deitei.. Veio a plantonista me examinar. Um amor de médica... ai lançou mão daquele espéculo e ao ver, ainda chamou a enfermeira, exclamando: "Olhaaa que lindo!!" - Não genty. Não era o Brad Pitt na sala do atendimento; ela estava vendo o colo do meu útero 'fino' e o cabelo da minha filha (sic!) ..... 

Bem.. a boa notícia é que eu estava com quase 3cm de dilatação e 'tinha tudo para ter um parto normal'. Na sequência ela me perguntou se eu teria com meu médico e eu disse que sim e ela então ligou para ele. 

Fiquei lá com o cardiotoco monitorando a Sara e meu trabalho de parto, as dores iniciaram... minha irmã chegou, minha comadre chegou, a torcida do Palmeiras chegou.. rsrs e as 18 hr, meu médico chegou!!!! 

E as dores.. ah essas sim estavam lá... eu torcendo para ser logo examinada e ouvir a notícia: " Nossa , já está coroando!", por que né... a contração do parto é uma coisa que quando você acha que vai morrer... PASSA! Mas ela volta dali 1 minuto e meio e let it go, let it go....

Enfim.. fiz ultrassom e o Bin veio me examinar e soltou a máquissima: Vc está com 5cm de dilatação e saiu para fazer não sei o que e eu olhei para o Will e disse: "Ai amor, será que vou conseguir?!" e..

ABRE PARÊNTESES

Desejo à todas as mulheres que forem parir, seja PN ou PC, que tenham um marido amigo, companheiro e paciente como o Will foi. Certamente eu não teria tido o parto perfeito como foi, se não fosse por ele. Me apoiando, me acalmando e mantendo a calma, pq né... e também, cuidando de mim e da minha pouca privacidade.... 

FECHA PARÊNTESES

Bin voltou. Nisso, eu tava andando pra lá e pra cá, pq com aquela maldita dor, não dá para ficar deitada, sentada e nem nada e por que eu tinha lido que andar acelerava o TP. Pois bem, ele voltou e disse: "Vou te aplicar a ocitocina para acelerar o TP, logo as dores aumentaram e então vamos te dar a anestesia!"

Juro! Só ouvi anestesia..... 

E cadê.. passaram 5 minutos e eu achei que já era dia seguinte e falei: "Dr. Ossama, CADÊ A ANESTESISTA!????" e então ele disse que estavam preparando as drogas e que já vinham. 

Minha gente.. o que é tomar aquela peridural tendo contração?????? Eu ouvia o 'relaxa' .. e eu pensava: %$#@#@#$%%

Não vou detalhar o processo da anestesia ... mas na hora que entrou, só pude sentir o AAAAAAAAAAAAAAAA .. e ai minha gente.. eu teria 10 filhos.... que coisa mais gostosa.. cessar aquela dor maldita. 

E de verdade: chegar a 10cm sem anestesia - índio! Parabéns pra você mulher que o fez/fará! 

Bão... fomos para a sala do parto, que segundo relato do marido, parecia mais um açougue, dados os instrumentos nas mesas hahaha ... e em 20 minutos eu tava parindo. 

Foram apenas quatro "push" e a Sara foi, literalmente, cuspida! 

 E colocaram esse serzinho ai em cima de mim e eu só consegui pensar: "Oi, vc é minha filha?!" e dizer "Oi filha!!! Como vc é linda!!! A mamãe te ama!" 

Cara .. e ama .. é um amor estranho.. pq né, eu não sabia como era o rostinho dela.. mas sabia que ela era minha.... 

E hoje, começava minha nova vida... 



Tem mais, mas eu preciso dar banho na pequena!!! Fui! 




8 de jun de 2014

Sara: 1a semana de vida


Como seu bebê está crescendo

O recém-nascido ainda está se adaptando a seu novo ambiente -- que ele acha um pouco barulhento e claro demais. Mas, aos poucos, ele vai se acostumar. 

Você vai notar que os braços do seu filho se movem de um jeito meio descoordenado, o que, provavelmente até o final do mês, vai mudar, à medida que ele adquirir maior controle muscular. 

Ele parece levar "sustos" frequentes -- o chamado reflexo de Moro --, e pode até chorar cada vez que um ocorre. Se os "sustos" acontecerem a toda hora, vale a pena tentar enrolá-lo num cueiro, em especial na hora de dormir. As principais atividades do momento são chupar e "mastigar" as mãos. 

A respiração do seu recém-nascido está carregada? Isso acontece porque um fluxo de ar muito grande está passando por vias aéreas bem pequenas, que podem estar entupidas com partículas de pó, de mantas ou até da própria roupa do bebê. 

Provavelmente não há motivo para se preocupar, já que os resfriados não são tão comuns nesta fase, mas não deixe de ligar para o médico se isso estiver tirando seu sono. Talvez ele recomende o uso de soro fisiológico. 

Provavelmente nesta semana você ainda está tentando entender como a coisa toda da amamentação funciona. Seja paciente -- acredite, com o tempo a tarefa fica mais fácil, para a maioria das mulheres! Muitas mães ficam na dúvida sobre se o bebê está mamando o suficiente, especialmente se ele quer o peito o tempo todo ou se chora após a mamada. 

Uma boa maneira de avaliar é a seguinte: se seu filho mama a cada duas ou três horas ou ao menos oito vezes em 24 horas nas duas ou três primeiras semanas de vida, ele provavelmente está bem nutrido. 

http://brasil.babycenter.com/o-beb%C3%AA-de-1-semana#ixzz36yl5JQDc

3 de jun de 2014

Meu primeiro banho

Estávamos TANTO na expectativa do primeiro banho, pois no Santa Catarina, este é dado pelo pai assim que o bebê nasce e de frente para a família assistir. Mas, como nossa pequena foi para a UTI, não rolou.

Mas rolou de um jeito lindo e este foi dado pelo PAPAI... por motivos óbvios e por conta de tanta gente doente por ai, não coloquei foto do banho em si, com ela peladinha...








2 de jun de 2014

Sara: recém nascida

Como seu bebê está crescendo

O bebê passa a maior parte desta primeira semana fora do útero acostumando-se ao novo ambiente. Depois de nove meses dentro do aconchego da barriga, tanto espaço, luz e barulho são grandes novidades, por isso certas crianças gostam de ser "embrulhadas" ou enroladas em mantas como se fossem um charutinho enquanto se adaptam. 

Os braços e as pernas parecem um pouco curtos porque ainda estão um pouco encolhidos, mas vão se soltar à medida que seu filho se acostumar ao novo espaço para esticá-los. 

A visão do recém-nascido é um tanto embaçada. Ele só consegue enxergar bem a uma distância de cerca de 45 centímetros, perfeita para encarar você quando estiver no colo. Mantenha seu rosto próximo quando o bebê estiver acordado, assim ele poderá admirar seu objeto preferido com mais nitidez. 

A criança observa a mãe e o pai o tempo todo, memorizando seus traços e aprendendo a reconhecer suas vozes. Faça o teste. É bem possível que você perceba como o recém-nascido reconhece a voz da mãe. 

O nível de atenção do bebê ainda é bem pequeno, e a tarefa de se ambientar ao mundo externo ao útero já é estímulo suficiente para as próximas semanas. Não exagere, mas um móbile sobre o berço não fará mal e servirá para distraí-lo. 

http://brasil.babycenter.com/o-beb%C3%AA-rec%C3%A9m-nascido#ixzz36yio5UyD

1 de jun de 2014

Oi? Como assim a Sara nasceu?

É minha genty brasileira.... a Sara nasceu HOJE! Como assim? Ué.. nascendo! Volto em breve para relatar o parto.. e que foi NORMAL - pasme você.. que me conhece e sabe que sempre fiz campanha à cesarea hahaha