17 de ago de 2014

Que amor é esse?

Na beleza dos meus 34 anos bem vividos, achava ter conhecido todo o tipo de amor! Nada! Achava um porre quando ouvia uma mãe dizendo que eu só conheceria o que era o amor, em sua essência e profundidade, quando me torna-se mãe! 

Dou o braço a torcer: é verdade!

É verdade por que é um amor insano. Animal mesmo. Você ama até o cheiro do cocô do seu filho ( ta ... Exagero vai!)

Mas, é um sentimento que toma conta de mim e é a primeira vez na vida em que me dou a alguém inteiramente e não espero nada em troca: na verdade só espero que ela esteja bem.

Essa epifania toda me deu agora, por que toda vez que a Sara tem aquela bela mamada, ela cai em sono profundo e está a imagem que vejo:


Aí que eu faço carinho nela; passo minha mao por sua cabeça, desço pelas costas, passo pelas perninhas e acabo no pé; e nele eu seguro! Um pé tão minúsculo, um ser perfeito gerado por mim. Tenho muito orgulho de mim ... A Sara é o meu melhor feito! Amada desde o primeiro momento. Desde o 1o ultrassom, em que chorei descompassada quando ouvi seu coração pela primeira vez e ela só tinha 1,6cm! 

É o amor incondicional mesmo! É a beleza de Deus; a criação humana. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário